Quem desenvolve ELA?

Quem desenvolve ELA?

A ELA é uma doença que afeta a função dos nervos e músculos. Com base em estudos epidemiológicos, a cada dia 14 brasileiros são diagnosticados com ELA em nosso país. De acordo com o banco de dados de ”ALS CARE”, 60% das pessoas com ELA são homens e 93% dos pacientes são caucasianos.

A maioria das pessoas que desenvolvem ELA estão entre as idades de 40 e 70 anos, com uma idade média de 55, no momento do diagnóstico. No entanto, os casos da doença ocorrem em pessoas nos seus vinte e trinta anos. Geralmente, porém, ELA ocorre em maiores percentagens de homens e mulheres enquanto eles vão envelhecendo. A ELA é 20% mais comum em homens do que em mulheres. No entanto, com o aumento da idade, a incidência da esclerose lateral amiotrófica vai igualando-se entre homens e mulheres.

Existem vários estudos de investigação – passado e presente – para investigar possíveis fatores de risco que podem estar associados com ELA. Mais trabalho é necessário para determinar conclusivamente que a genética e / ou fatores ambientais contribuem para o desenvolvimento de ELA. Sabe-se, no entanto, que os veteranos militares, particularmente aqueles utilizados durante a Guerra do Golfo, são aproximadamente duas vezes mais probabilidade de desenvolver ELA.

Há alguma evidência de que as pessoas com ELA estão vivendo mais tempo, pelo menos parcialmente, devido a intervenções de gestão clínica, riluzol e possivelmente outros compostos e drogas sob investigação.